sábado, 21 de junho de 2014

Resultado do Concurso Cassini Cientista por Um Dia - Outono de 2014

Parabéns aos Vencedores!!!

Avaliador: Prof. Paulo Leme - IAG-USP

Ensino Médio

- Alvo 3 - O Planeta Saturno 

Autora: Ana Catarina Avila Vitorino
Instituto Silva Serpa – São Pedro da Aldeia
3º ano do Ensino Médio

Responsável: Ana Maria Barzani Avila 

Um dos maiores mistérios do Sistema Solar é a dinâmica curiosa do polo norte de Saturno. Desafiando todas as concepções prévias sobre a estrutura da atmosfera dos planetas gasosos, as nuvens que formam o topo deste gigante se organizam em um vórtice com a forma de um grande hexágono regular, e não de um círculo, como seria esperado. Além disso, em 2013 a sonda Cassini registrou a existência de um grande furacão no hemisfério norte do planeta que impressiona pelas suas dimensões e sua velocidade, além da sua relação com os furacões da Terra.
O grande hexágono do norte de Saturno foi descoberto pela sonda Voyager I, mas a Cassini é a primeira a ter a oportunidade de estudá-lo detalhadamente. Sabe-se que ele não é nada mais que um vórtice polar (algo relativamente comum entre planetas, presente inclusive na Terra), mas que se destaca pelo seu formato poligonal. Além disso, ele tem mais que o dobro do tamanho da Terra, possui diversos vórtices pequenos pelo seu interior (além do grande vórtice polar) e seu período de rotação equivale ao período de emissão de ondas de rádio do interior do planeta. Esse fenômeno intriga cientistas do mundo inteiro, que tentam buscar explicações para seu comportamento incomum; uma das mais aceitas é que a grande diferença entre as velocidades dos ventos próximos ao vértice em relação à média dos ventos das demais regiões do planeta gere uma violenta alteração da forma das nuvens no ponto de encontro entre as duas massas de vento, fazendo com que as nuvens se movam no formato de um polígono que poderia ter até oito lados, com base em experimentos laboratoriais. As condições específicas de Saturno são propícias para a formação de um polígono de seis lados.
Além disso, um furacão gigantesco também chama a atenção dos pesquisadores para o Norte de Saturno. Ele tem cerca de 20 vezes o tamanho de um furacão terrestre e sua velocidade é altíssima, alcançando aproximadamente 620km/h. Outra característica interessante é que apesar das suas semelhanças estruturais com os furacões daqui, ele não tira sua força de grandes corpos de água quente, mas somente do vapor d’água presente na atmosfera saturniana. Isso pode nos dizer muito sobre a mecânica por trás da formação de furacões em planetas gasosos, ajudando a compreensão destes fenômenos na Terra. 
Com isso, podemos afirmar que um estudo mais profundo sobre o hexágono e o grande furacão do hemisfério norte de Saturno pode trazer importantes informações sobre a atmosfera dos gigantes gasosos, o comportamento dos fluidos em geral e sobre os fenômenos atmosféricos terrestres. Além disso, é verão no hemisfério norte de Saturno, fazendo com que ele seja iluminado mais diretamente pelo Sol; isso acontece raramente, pois o ano em Saturno equivale a 29 anos terrestres. Portanto, essa fase propícia à pesquisa no hemisfério norte do planeta dos grandes anéis deve ser aproveitada ao máximo para que sejam feitas as grandes descobertas científicas que esta região tem o potencial de proporcionar.

- Alvo 3 - O Planeta Saturno

Autora: Letícia Recco Tramontin
3º ano do Ensino Médio

Instituição: Instituto Federal Catarinense - Campus Avançado Sombrio
Sombrio – SC - Brasil

Responsável: Sinara Recco

O planeta Saturno, batizado em homenagem ao pai de Júpiter na mitologia romana, é o segundo maior planeta do sistema solar, e o sexto mais próximo de nossa estrela, o Sol, sendo o último dos planetas observáveis a olho nu. Com o advento do telescópio, Galileu Galilei pôde observá-lo melhor e percebeu a existência do que mais tarde Christiaan Huygens (1629 – 1695) descobriu que eram anéis em torno do planeta.
Assim como Júpiter, Urano e Netuno, Saturno é um planeta gasoso, constituído principalmente por hidrogênio, hélio e metano, sendo os dois últimos presentes em quantidades significativamente menores. O interior do planeta é composto por um núcleo rochoso, que corresponde a cerca de 20% do raio planetário.
Na atmosfera saturniana, é bastante comum a ocorrência de ventos que podem atingir a velocidade de 1800 km/h, mais rápidos que os de Júpiter, no entanto, não tanto quanto os de Netuno.
O formato de Saturno é esferoide oblato, ou seja, é achatado nos polos. Esta característica é explicada pelo fenômeno de rotação, particularmente curioso, já que apresenta variabilidade: não possui um tempo fixo como a da Terra, de 23h 56 minutos 4 segundos e 9 centésimos, e ainda investiga-se o porquê. Tal constatação possui importância científica na identificação deste fenômeno em outros corpos semelhantes, no entanto, pode não possuir valor prático.
Outro fenômeno curioso ocorre no polo norte do planeta, trata-se de um vórtice, bastante semelhante a um gigante furacão terrestre, exceto pelo formato hexagonal. Ambos possuem um olho central, giram em sentido anti-horário e possuem formação de nuvens altas, em dimensões muito maiores em Saturno: a largura do vórtice possui cerca de 20 vezes o tamanho de um olho de furacão, e sua largura total é de 2 mil km, segundo a própria NASA.
Entender a formação deste “furacão” pode ajudar a entender o fenômeno terrestre, considerando que ele se mantém ativo através do – pouco – vapor de água da atmosfera saturniana, ou seja, pode ser que mais uma variável para o estudo desse fenômeno meteorológico terrestre seja acrescentada, tornando mais eficiente sua previsão e entendendo melhor sua dinâmica. Também é relevante recolher informações a respeito do crescimento ou encolhimento, seja de tamanho ou massa, do fenômeno saturniano, e também como ele interage com o restante da atmosfera. Investigar, a partir dessas informações as possíveis consequências da existência de um segundo vórtice, seja na formação e evolução do planeta ou em outros aspectos relevantes.
Existem dados obtidos sobre o planeta que provém de cálculos aproximados, devido a distância Terra-Saturno e alguma possível interferência. Por isso, a observação da nave espacial Cassini é importante, já que pode apontar imprecisões e corrigi-las.
As descobertas em Saturno são mais um marco do desenvolvimento científico, que instiga a imaginação de várias gerações, causando uma onda de euforia a cada nova descoberta. Mais que o desejo de conhecimento, pesquisas científicas e principalmente espaciais mantêm acesas a imaginação e os sonhos das pessoas. Saturno é mais um sonho que vai se tornar realidade.


Ensino Fundamental 

Alvo 1 - Anel F  

Autoras:
Mariana Caetano Marcelino - 9º ano
Suellen Ricardo Barbosa  - 9º ano
Francilene Ferreira da Silva - 9º ano
Gabriel Batista Elias Tavares - 9º ano

E.M.Olavo Alves Saldanha Filho – Campos dos Goytacazes – RJ – Brasil

Responsável :Sílvia Helena R.N.Pessanha

       Numa certa noite, no universo estrelado, o anel F perguntou para os seus "pastores":
      - Por que me prendem? Por que não me deixam ser livre?
      Pandora responde:
      - Nós não te prendemos, só gostamos de lhe fazer companhia.
      Mas o anel não acreditou nessa conversa.Tinha uma certa desconfiança, pois eles tinham um lado escuro na vida.
      O anel não sabia, mas eles tinham sido banidos para serem luas para todo o sempre. Prometeu foi banido por ter roubado algo muito precioso de um deus muito poderoso e ,como castigo, foi transformado numa lua que nunca deixaria de girar em torno do anel de Saturno, o anel F. E Pandora era a guardiã da caixa dos sentimentos.Um dia, ela abriu a tal caixa libertando todos, principalmente os sentimentos ruins. E também foi transformada numa lua.

    Com o passar do tempo, o anel descobriu tudo o que tinha acontecido e ficou sem entender por que os dois nunca tinham contado nada sobre isso, mas não quis magoá-los. Ele entendeu que eles só queriam que seus segredos não fossem descobertos, por ter sido um passado cruel para os dois.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Concurso Cassini Cientista por um Dia - Outono de 2014

Cassini - Cientista por um dia - Outono de 2014 é um concurso de redação criado para dar aos estudantes do mundo inteiro uma oportunidade de experimentarem como é a vida de um cientista na NASA.
A 13ª edição do Concurso  conta com a participação de diversos Países.

Estudantes analisarão três possíveis alvos no planeta Saturno , escolherão um deles para que a nave espacial Cassini, atualmente em órbita no Planeta, obtenha imagens durante um tempo definido reservado para esse projeto educacional.

Os alvos, nessa 13a Edição do Concurso para o Outono de 2014, são:

Alvo 1, Anel F de Saturno
;







A nave Cassini vai obter 70 imagens do anel F usando a Câmera de ângulo estreito  da nave para fazer um filme mostrando como o anel  F  muda enquanto orbita Saturno. 

Alvo 2, Lua de Saturno, Titã





A nave Cassini obterá nove imagens da região polar norte de Titã usando sua câmera de ângulo estreito. Estas imagens serão unidas para formar um mosaico. 

Alvo 3, O planeta Saturno. 




A nave Cassini vai usar sua câmera de grande angular e sua câmera de ângulo Estreito para obter imagens do pólo norte de Saturno, estudando o furacão no pólo norte e o vórtice polar em forma de hexágono.



O alvo escolhido deve ser aquele que, em sua opinião, renderá os melhores resultados científicos. As razões dessa escolha deverão ser explicadas na redação.

A nave Cassini apontará suas câmeras e obterá imagens do alvo determinado por você!

Neste processo, além dos alunos aprenderem a pensar como cientistas defendendo o seu alvo escolhido, como fazem os cientistas da Cassini, eles irão adquirir prática na escrita de Redações.

Prêmios serão oferecidos pela Coordenação do Concurso nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil (a coordenação em Minas Gerais também oferecerá prêmios), e os vencedores poderão participar (a confirmar) como convidados de uma vídeo-conferência os cientistas fazem com controle da missão Cassini, na NASA.

As inscrições para "Cassini - Cientista Por Um Dia" Estarão abertas até o dia 9 de abril de 2014 (o Regulamento está disponível abaixo).

Estaremos recebendo as inscrições no período de 11 de março a 9 de abril de 2014.

Participem!!!

Boa redação à todos!

Em breve mais novidades!!!

Um fraterno abraço,

Organização do Concurso "Cassini - Cientista por um Dia" no Brasil

Equipe do Clube de Astronomia Louis Cruls - http://calc.zip.net/



Regulamento do Concurso "Cassini - Cientista Por Um Dia" - 13a Edição - Outono de 2014. 


Data limite: As inscrições para o concurso, no Brasil, serão aceitas até às 23:59h (horário de Brasília) do dia 9 de abril de 2014. 

As inscrições serão preferencialmente realizadas através do e-mail:

concursocientistaporumdia@gmail.com

- O concurso é aberto a todos os estudantes. Nessa blog estaremos recebendo inscrições de estudantes de escolas do Brasil, do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio.
- Estudantes de outros países devem contatar seus Coordenadores Locais.
- Os estudantes podem trabalhar sozinhos ou em equipes compostas de, no máximo, 4 estudantes.
- Todas as redações devem ser originais. Inscrições com material que não seja original (plágio de algum trabalho) serão desqualificadas.
- Cada estudante (ou grupo de estudantes) pode submeter apenas uma redação.
- Não devem ser incluídas informações de contato (e-mail, endereço, etc.) de estudantes menores de 18 anos. Toda a comunicação será realizada entre a Coordenação do Concurso e os professores ou responsáveis.

- As redações devem ter no máximo 500 palavras. Redações com um número maior de palavras serão desqualificadas.

- Os nomes e informações de contato não estão incluídas na contagem das 500 palavras.
- O texto das redações deve ser enviado (sem imagens ou anexos) dentro do próprio corpo do e-mail. O texto enviado como arquivo anexo não será aceito para o concurso.
- A capacidade de comunicação é uma importante parte na vida de um cientista. Assim, além das idéias expressas, também serão avaliadas no texto, a ortografia e a gramática.


- As redações serão divididas em três grupos:


Ensino Fundamental I - 6º e 7º ano 

Ensino Fundamental II - 8º e 9º ano 


Ensino médio 

Importante: A nave Cassini obterá imagens dos três alvos. Haverá um vencedor em cada um dos grupos.

Escreva uma redação, com no máximo 500 palavras, explicando qual dos três alvos você escolheu para a Cassini obter uma imagem, e a razão dessa escolha.

- As redações devem ser escritas em português.

- As redações devem ser enviadas por um(a) professor(a), pai, mãe ou tutor(a) do aluno para o e-mail:
concursocientistaporumdia@gmail.com

Não esqueça de incluir na redação:

- O nome completo do professor(a), o e-mail e o telefone para contato com o(a) mesmo(a), além do nome e endereço da instituição de ensino. Informações iguais (incluindo o endereço completo) devem ser enviadas, se for outro(a) o(a) responsável pelo estudante.

- O(s) nome(s) e série(s) de todos os estudantes (no máximo 4) que produziram a redação.

- O tema da redação nessa 13a edição do Concurso, para o ano de 2013 deve ser escolhido entre (o(s) estudante(s) deve(m) selecionar um dos três alvos):



Alvo 1,  Anel F de Saturno;

Alvo 2, 
  Lua de Saturno, Titã

Alvo 3, 
O planeta Saturno.

Prêmios serão oferecidos pela coordenação do concurso nas regiões Sul e Sudeste no Brasil e os vencedores também podem ser convidados a participarem de uma vídeo-conferência com os cientistas da missão Cassini
- Haverá um júri para avaliar todos os trabalhos .O júri será composto por especialistas da área. Em breve será anunciada sua composição.

- Não serão aceitos recursos em relação a decisão do júri, que será soberana.
- As redações vencedoras (e um número ainda não determinado de outras redações) serão encaminhadas para o JPL/NASA.

- Todos os participantes concordam em ceder o copyright das redações para o JPL/NASA para que trechos ou redações completas sejam publicadas em páginas da NASA na internet, com informações dos nomes dos autores, idades, instituição de ensino, cidade, estado e país.
- Selecionados os vencedores, os professores (ou responsáveis) serão contatados e convidados a fornecerem uma fotografia do(s) estudante(s). Os pais ou responsáveis devem enviar uma autorização escrita para que as fotos dos vencedores sejam postadas no website do concurso.

Boa Sorte!!!
Resultado no Brasil do Concurso Cassini Cientista por um Dia  2013

No Brasil o vencedor do concurso em 2013 foi o estudante Valmique Bento da Silva Oliveira da Escola Municipal Dr Getúlio Vargas do Município de Campos dos Goytacazes.  A professora responsável foi a Silvia Helena Ribeiro Neto Pessanha.

Link para a redação publicada na página da Missão Cassini da NASA:

http://saturn.jpl.nasa.gov/education/scientistforaday12thedition/international/winners2013/brazil1/


Abaixo a redação premiada:

"Como Iapetus, eu sou para você"

autor: Valmique Bento da Silva Oliveira



"Eu tenho um passado
Que é como uma cadeia de montanhas:
Maior que o Everest.
E é impossível alguém descobrir o topo.

Mas o meu lado sentimental
Estava sempre voltado para você.

Algo muito intrigante sobre mim
É que minha metade
É coberta por uma substância brilhosa
Que eu revelo hoje o por quê!
É que o lado voltado para você
Estará sempre brilhando de felicidade
Porque está sempre comigo.

Mas tenho uma metade escura
Que não irá descobrir.
Porque lá está o meu passado
Que nunca será revelado.

Te amo, Saturno.
Te escrevo: Iapetus"


sábado, 14 de setembro de 2013


Concurso Cassini Cientista por um Dia 2013

Cassini - Cientista por um dia 2013 é um concurso de redação criado para dar aos estudantes do mundo inteiro uma oportunidade de experimentarem como é a vida de um cientista na NASA.
A 12ª edição do Concurso já conta com uma participação de 43 Países em todos os seis continentes.

Estudantes analisarão três possíveis alvos no planeta Saturno , escolherão um deles para que a nave espacial Cassini, atualmente em órbita no Planeta, obtenha imagens durante um tempo definido reservado para esse projeto educacional.

Os alvos, nessa 12a Edição do Concurso para o ano de 2013, são:

Alvo 1, Lua de Saturno, Iapetus
;




Iapetus é uma das luas mais interessantes do sistema solar. Esta lua tem a forma de uma noz, com uma cadeia de montanhas em torno de seu equador que é mais alto do que o Monte Everest. Iapetus tem sempre o mesmo lado voltado para Saturno.
Uma das coisas mais intrigantes sobre Iapetus é que metade de sua superfície é coberta com o que se parece com um material com cor branca, como açúcar, enquanto a outra metade é muito escura.

Alvo 2, Lua de Saturno, Dione





Partículas provenientes dos anéis de Saturno colidem continuamente com esta lua, razão pela qual a sua superfície é cheia de crateras.
Novas evidências indicam que pode haver uma camada líquida sob sua superfície.
Os padrões das cratera de Dione parecem indicar que a lua foi rotacionada em torno de 180 graus.
A razão para este deslocamento, no entanto, é um dos mistérios ainda não resolvidos.
Algumas das imagens obtidas durante a missão Cassini mostram que Dione também tem um grande sistema de muito brilhantes penhascos de gelo.



Alvo 3, O planeta Saturno. 




Ainda há muito a descobrir sobre a atmosfera do planeta Saturno e a natureza dos seus anéis. Há muitos mistérios a serem desvendados. 


O alvo escolhido deve ser aquele que, em sua opinião, renderá os melhores resultados científicos. As razões dessa escolha deverão ser explicadas na redação.



A nave Cassini apontará suas câmeras e obterá imagens do alvo determinado por você!

Neste processo, além dos alunos aprenderem a pensar como cientistas defendendo o seu alvo escolhido, como fazem os cientistas da Cassini, eles irão adquirir prática na escrita de Redações.

Prêmios serão oferecidos pela Coordenação do Concurso nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil (a coordenação em Minas Gerais também oferecerá prêmios), e os vencedores poderão participar (a confirmar) como convidados de uma vídeo-conferência os cientistas fazem com controle da missão Cassini, na NASA.

As inscrições para "Cassini - Cientista Por Um Dia" Estarão abertas até o dia 27 de outubro de 2013 (o Regulamento está disponível abaixo).

Estaremos recebendo as inscrições no período de 15 de setembro a 27 de outubro de 2013.

Participem!!!

Boa redação à todos!

Em breve mais novidades!!!

Um fraterno abraço,

Organização do Concurso "Cassini - Cientista por um Dia" nas regiões Sul e Sudeste do Brasil

Equipe do Clube de Astronomia Louis Cruls - http://calc.zip.net/



Regulamento do Concurso "Cassini - Cientista Por Um Dia" - 12a Edição - 2013 - Regiões Sudeste e Sul do Brasil. 


Data limite: As inscrições para o concurso, nas regiões Sudeste e Sul do Brasil, serão aceitas até às 23:59h (horário de Brasília) do dia 27 de outubro de 2013. 

As inscrições serão preferencialmente realizadas através do e-mail:

concursocientistaporumdia@gmail.com

- O concurso é aberto a todos os estudantes. Nessa blog estaremos recebendo inscrições de estudantes de escolas das regiões Sul e Sudeste, do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio.
- Estudantes de outros países devem contatar seus Coordenadores Locais:
http://saturn.jpl.nasa.gov/education/scientistforaday11thedition/international/countries/
- Os estudantes podem trabalhar sozinhos ou em equipes compostas de, no máximo, 4 estudantes.
- Todas as redações devem ser originais. Inscrições com material que não seja original (plágio de algum trabalho) serão desqualificadas.
- Cada estudante (ou grupo de estudantes) pode submeter apenas uma redação.
- Não devem ser incluídas informações de contato (e-mail, endereço, etc.) de estudantes menores de 18 anos. Toda a comunicação será realizada entre a Coordenação do Concurso e os professores ou responsáveis.

- As redações devem ter no máximo 500 palavras. Redações com um número maior de palavras serão desqualificadas.

- Os nomes e informações de contato não estão incluídas na contagem das 500 palavras.
- O texto das redações deve ser enviado (sem imagens ou anexos) dentro do próprio corpo do e-mail. O texto enviado como arquivo anexo não será aceito para o concurso.
- A capacidade de comunicação é uma importante parte na vida de um cientista. Assim, além das idéias expressas, também serão avaliadas no texto, a ortografia e a gramática.


- As redações serão divididas em três grupos:


Ensino Fundamental I - 6º e 7º ano 

Ensino Fundamental II - 8º e 9º ano 


Ensino médio 

Importante: A nave Cassini obterá imagens dos três alvos. Haverá um vencedor em cada um dos grupos.

Escreva uma redação, com no máximo 500 palavras, explicando qual dos três alvos você escolheu para a Cassini obter uma imagem, e a razão dessa escolha.

- As redações devem ser escritas em português.

- As redações devem ser enviadas por um(a) professor(a), pai, mãe ou tutor(a) do aluno para o e-mail:
concursocientistaporumdia@gmail.com

Não esqueça de incluir na redação:

- O nome completo do professor(a), o e-mail e o telefone para contato com o(a) mesmo(a), além do nome e endereço da instituição de ensino. Informações iguais (incluindo o endereço completo) devem ser enviadas, se for outro(a) o(a) responsável pelo estudante.

- O(s) nome(s) e série(s) de todos os estudantes (no máximo 4) que produziram a redação.

- O tema da redação nessa 12a edição do Concurso, para o ano de 2013 deve ser escolhido entre (o(s) estudante(s) deve(m) selecionar um dos três alvos):



Alvo 1,  Lua de Saturno, Iapetus;

Alvo 2, 
  Lua de Saturno, Dione

Alvo 3, 
O planeta Saturno.

Prêmios serão oferecidos pela coordenação do concurso nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e os vencedores também podem ser convidados a participarem de uma vídeo-conferência com os cientistas da missão Cassini
- Haverá um júri para avaliar todos os trabalhos .O júri será composto por especialistas da área. Em breve será anunciada sua composição.

- Não serão aceitos recursos em relação a decisão do júri, que será soberana.
- As redações vencedoras (e um número ainda não determinado de outras redações) serão encaminhadas para o JPL/NASA.

- Todos os participantes concordam em ceder o copyright das redações para o JPL/NASA para que trechos ou redações completas sejam publicadas em páginas da NASA na internet, com informações dos nomes dos autores, idades, instituição de ensino, cidade, estado e país.
- Selecionados os vencedores, os professores (ou responsáveis) serão contatados e convidados a fornecerem uma fotografia do(s) estudante(s). Os pais ou responsáveis devem enviar uma autorização escrita para que as fotos dos vencedores sejam postadas no website do concurso.

Boa Sorte!!!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012


Concurso Cassini Cientista por um Dia 2012
(nova data limite para a inscrição - dia 28 de novembro)

Atenção: estudantes do estado de Minas Gerais devem fazer contato com o professor Hugo Penido Gattoni (coordenador do Concurso no estado de Minas Gerais) através do e-mail: saturno.csfad@gmail.com

Cassini - Cientista por um dia 2012 é um concurso de redação criado para dar aos estudantes do mundo inteiro uma oportunidade de experimentarem como é a vida de um cientista na NASA.
A 11ª edição do Concurso já conta com uma participação de 43 Países em todos os seis continentes.

Estudantes analisarão três possíveis alvos no planeta Saturno , escolherão um deles para que a nave espacial Cassini, atualmente em órbita no Planeta, obtenha imagens durante um tempo definido reservado para esse projeto educacional.

Os alvos, nessa 11a Edição do Concurso para o ano de 2012, são:

Alvo 1, Lua de Saturno, 
 (Pan);

A imagem da pequena lua Pã encontrada na divisão Encke no anel A de Saturno

Alvo 2, Anel F de Saturno; 


O anel F éum anel muito fino e leve descoberto em 1979 pela nave espacial Pioneer 11 da NASA.
O anel F é mantido fino e estreito por duas luas "pastoras", Prometeu e Pandora. Estas luas orbitam em ambos os lados do anel F e evitam que ele se desfaça. As duas luas são como dois cães pastores que não deixam o seu rebanho de ovelhas fugir.


Alvo 3, O planeta Saturno e seus anéis. 


Ao medir a quantidade de luz de uma estrela, que está sendo ocultada pelos anéis, é bloqueada pelo material nos anéis, os cientistas podem aprender muito sobre eles.
Ocultações podem proporcionar um amplo entendimento da estrutura de anel e de sua espessura, e também sobre as formas e os tamanhos das partículas dos anéis e como elas interagem.


O alvo escolhido deve ser aquele que, em sua opinião, renderá os melhores resultados científicos. As razões dessa escolha deverão ser explicadas na redação.

A nave Cassini apontará suas câmeras e obterá imagens do alvo determinado por você!

Neste processo, além dos alunos aprenderem a pensar como cientistas defendendo o seu alvo escolhido, como fazem os cientistas da Cassini, eles irão adquirir prática na escrita de Redações.

Prêmios serão oferecidos pela Coordenação do Concurso nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil (a coordenação em Minas Gerais também oferecerá prêmios), e os vencedores poderão participar (a confirmar) como convidados de uma vídeo-conferência os cientistas fazem com controle da missão Cassini, na NASA.

As inscrições para "Cassini - Cientista Por Um Dia" Estarão abertas até o dia 28 de novembro de 2012 (o Regulamento está disponível abaixo).

Estaremos recebendo as inscrições no período de 24 de setembro a 28 de outubro de 2012.

Participem!!!

Boa redação à todos!

Em breve mais novidades!!!

Um fraterno abraço,

Organização do Concurso "Cassini - Cientista por um Dia" nas regiões Sul e Sudeste do Brasil

Equipe do Clube de Astronomia Louis Cruls - http://calc.zip.net/



Regulamento do Concurso "Cassini - Cientista Por Um Dia" - 11a Edição - 2012 - Regiões Sudeste e Sul do Brasil. 


( Atenção: estudantes do estado de Minas Gerais devem fazer contato com o professor Hugo Penido Gattoni (coordenador do Concurso no estado de Minas Gerais) através do e-mail:  saturno.csfad@gmail.com  )

Data limite: As inscrições para o concurso, nas regiões Sudeste e Sul do Brasil, serão aceitas até às 23:59h (horário de Brasília) do dia 28 de novembro de 2012

As inscrições serão preferencialmente realizadas através do e-mail:

concursocientistaporumdia@gmail.com

- O concurso é aberto a todos os estudantes. Nessa blog estaremos recebendo inscrições de estudantes de escolas das regiões Sul e Sudeste, do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio.
- Estudantes de outros países devem contatar seus Coordenadores Locais:
http://saturn.jpl.nasa.gov/education/scientistforaday11thedition/international/countries/
- Os estudantes podem trabalhar sozinhos ou em equipes compostas de, no máximo, 4 estudantes.
- Todas as redações devem ser originais. Inscrições com material que não seja original (plágio de algum trabalho) serão desqualificadas.
- Cada estudante (ou grupo de estudantes) pode submeter apenas uma redação.
- Não devem ser incluídas informações de contato (e-mail, endereço, etc.) de estudantes menores de 18 anos. Toda a comunicação será realizada entre a Coordenação do Concurso e os professores ou responsáveis.

- As redações devem ter no máximo 500 palavras. Redações com um número maior de palavras serão desqualificadas.

- Os nomes e informações de contato não estão incluídas na contagem das 500 palavras.
- O texto das redações deve ser enviado (sem imagens ou anexos) dentro do próprio corpo do e-mail. O texto enviado como arquivo anexo não será aceito para o concurso.
- A capacidade de comunicação é uma importante parte na vida de um cientista. Assim, além das idéias expressas, também serão avaliadas no texto, a ortografia e a gramática.


- As redações serão divididas em três grupos:


Ensino Fundamental I - 6º e 7º ano 

Ensino Fundamental II - 8º e 9º ano 


Ensino médio 

Importante: A nave Cassini obterá imagens dos três alvos. Haverá um vencedor em cada um dos grupos.

Escreva uma redação, com no máximo 500 palavras, explicando qual dos três alvos você escolheu para a Cassini obter uma imagem, e a razão dessa escolha.

- As redações devem ser escritas em português.

- As redações devem ser enviadas por um(a) professor(a), pai, mãe ou tutor(a) do aluno para o e-mail:
concursocientistaporumdia@gmail.com

Não esqueça de incluir na redação:

- O nome completo do professor(a), o e-mail e o telefone para contato com o(a) mesmo(a), além do nome e endereço da instituição de ensino. Informações iguais (incluindo o endereço completo) devem ser enviadas, se for outro(a) o(a) responsável pelo estudante.

- O(s) nome(s) e série(s) de todos os estudantes (no máximo 4) que produziram a redação.

- O tema da redação nessa 11a edição do Concurso, para o ano de 2012 deve ser escolhido entre (o(s) estudante(s) deve(m) selecionar um dos três alvos):



Alvo 1,  Lua de Saturno,  (Pan);

Alvo 2, 
Anel F de Saturno; 

Alvo 3, 
O planeta Saturno e seus anéis.

Prêmios serão oferecidos pela coordenação do concurso nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e os vencedores também podem ser convidados a participarem de uma vídeo-conferência com os cientistas da missão Cassini
- Haverá um júri para avaliar todos os trabalhos .O júri será composto por especialistas da área. Em breve será anunciada sua composição.

- Não serão aceitos recursos em relação a decisão do júri, que será soberana.
- As redações vencedoras (e um número ainda não determinado de outras redações) serão encaminhadas para o JPL/NASA.

- Todos os participantes concordam em ceder o copyright das redações para o JPL/NASA para que trechos ou redações completas sejam publicadas em páginas da NASA na internet, com informações dos nomes dos autores, idades, instituição de ensino, cidade, estado e país.
- Selecionados os vencedores, os professores (ou responsáveis) serão contatados e convidados a fornecerem uma fotografia do(s) estudante(s). Os pais ou responsáveis devem enviar uma autorização escrita para que as fotos dos vencedores sejam postadas no website do concurso.

Boa Sorte!!!

Resultado do Concurso Cassini Cientista por um Dia 2011 nas regiões Sul e Sudeste do Brasil
___________________________________________________________


Ana Catarina Ávila Vitorino
9o ano - 8a série - ensino fundamental
Escola Marcia Fancesconi Pereira
Cabo Frio, Brasil 

Professora: Marilete Boy

"O sistema do planeta Saturno é um dos mais intrigantes do Sistema Solar. O estudo desse planeta, suas luas e seus anéis pode nos ajudar a aprender mais não só sobre ele próprio, mas também a responder algumas perguntas que desafiam a humanidade há milênios. A missão Cassini é um dos projetos que nos ajudam a entendê-lo melhor, e assim obter informações valiosas para pesquisas astronômicas e também em outros campos da ciência.
Titã é certamente um dos corpos celestes mais fascinantes desse sistema, e por isso uma das prioridades da missão Cassini. Sua atmosfera é a mais densa dentre todas as luas conhecidas do Sistema Solar, e as sondas Cassini-Huygens e Voyager encontraram nela não só substâncias tóxicas como o monóxido de carbono e o metano, mas também diversos tipos de matéria orgânica, substância indispensável para a formação da vida como a conhecemos. Se esse material for combinado com água e amônia supostamente expelidas por criovulcões, pode originar um composto que possibilita a formação do DNA e de formas de vida primitivas; um processo parecido com o qual a própria Terra passou.
Entretanto, o comportamento, a origem e a composição exata da atmosfera e das nuvens de Titã ainda é um mistério para nós. Uma teoria ainda não comprovada é a de que a reação das moléculas de metano à luz do Sol, nas camadas mais altas da atmosfera, faz com que esse gás venenoso se transforme em matéria orgânica, que se acumula em lagos e oceanos sobre a superfície da lua. A imagem da sonda Cassini nos fará compreender melhor esses aspectos de Titã, e isso pode nos dizer realmente se há ou não há a possibilidade de desenvolvimento de vida nesse ambiente gelado e aparentemente inóspito.
Réia, a segunda maior lua de Saturno, pode guardar segredos importantes sobre a formação de planetas e de luas. A presença de marcas diferentes das crateras comuns ao redor do seu equador pode indicar que em algum momento do passado ela tenha sido orbitada por algum tipo de corpo ou até mesmo um anel que, atraído pela sua gravidade, se chocou com a sua superfície, fragmentando-se. Nunca se soube de uma lua que tenha sido orbitada por nenhum tipo de corpo; se essa teoria for comprovada, serão obtidas informações importantes sobre a formação de sistemas planetários. A imagem de Cassini nos dirá mais sobre esse enigma, o que pode ser essencial para a sua solução.
Pesquisar Saturno e Hipérion certamente também é muito importante para a compreensão do Sistema Solar, mas o alvo que trará mais resultados científicos será a imagem de Reia e Titã."

César de Souza Lima Júnior
1o ano - ensino médio (High School)
CIEP Gabriel Joaquim dos Santos
São Pedro da Aldeia, Brasil 

Professora: Alessandra da Silva Defanti Noronha


"Saturno é o segundo maior planeta do Sistema Solar, possui anéis que se constituem de um conglomerado de partículas de gelo e rocha, em forma de poeira cósmica, que é identificado como sua principal característica. É um planeta gasoso composto principalmente de hidrogênio com uma pequena proporção de hélio, metano e outros elementos.
Sua atmosfera possui uma aparência suave e a Cassini poderia facilmente fotografar o seu solo.
Cientistas acreditam que Saturno é uma estrela que não deu certo, pois seu pequeno núcleo está cercado por uma espessa camada de hidrogênio metálico e uma camada externa de gases. Uma aproximação feita pela Cassini na superfície de Saturno poderia nos informar se os cientistas estão certos o não, pois as estrelas dispõem de hidrogênio em quantidade suficiente para durar bilhões de anos e esse é o caso de Saturno.
Titã, uma das luas de Saturno, é um dos poucos lugares que pode apresentar diversos compostos químicos similares aos que precederam a vida na Terra, mas a imagem que a Cassini fará não será suficientemente detalhada para nos trazer informações úteis, visto que Titã é obscurecido por uma profunda camada de nuvens e a sua exploração só seria possível com uma sonda específica, como a Huygens que pousou em Titã no ano de 2005.
Réa é a segunda maior lua de Saturno, é um corpo gelado com uma temperatura mínima à superfície de -220°C, por isso não há condições de haver condições que originaram a vida.
Hipérion é uma das menores luas de Saturno, é composto de gelo com apenas uma pequena quantidade de rocha, visto que não possui muitas condições que expliquem a vida.
O estudo da rotação de Saturno também seria muito importante e nos renderia muitas informações como por exemplo aumentar nosso conhecimento sobre seu campo magnético e confirmar ou não o que os cientistas dizem, porém se for confirmado poderíamos aprender muito mais sobre como surgiram as estrelas, planetas e entender melhor como o nosso planeta se formou."

David Richer Araújo Coelho 
1o ano - ensino médio (High School)
Colégio Estadual Miguel Couto
Cabo Frio, Brasil 

"Saturno é o sexto planeta do sistema solar e o segundo maior depois de Júpiter.Possui uma atmosfera densa , à base de hidrogênio e hélio , aos quais se juntam metano e amônia.Sua densidade é tão baixa , menor que da água , que se o colocássemos em um grande oceano , ele flutuaria . Possui um sistema de anéis muito complexo e resplandecente , formado por partículas de gelo e poeira de detritos ,que se estende por mais de 300.000 km do seu centro , mas com uma espessura inferior a 20 metros .É sobre este incrível planeta que escrevo minha carta e gostaria que vocês investigassem mais sobre ele.
Esse ano , a sonda Cassini obterá imagens do hemisfério norte de Saturno,o que poderá trazer muitos conhecimentos sobre as grandes tempestades no planeta.Elas são muito interessantes ,registrando velocidades do vento de 1800 km/h,as maiores do sistema solar .Através das fotografias ,poderemos identificar as condições que favorecem a sua formação,a origem de sua fonte de energia e a visualização da superfície do planeta por meio delas.Além das informações que serão obtidas ,elas têm algo a dizer sobre a grande diferença do funcionamento das atmosferas em cada planeta.Mesmo se elas não se formarem , as imagens permitirão a observação da atmosfera de Saturno.
Além de suas grandes tempestades,o planeta possui um enigmático hexágono em seu hemisfério norte formado por nuvens.O formato estranho chama a atenção e seu tamanho também : O hexágono poderia suportar quatro planetas dentro dele.A sonda poderia fotografar mais sobre essa parte de Saturno para descobrir por que suas nuvens são dessa forma, o que responderia muitas perguntas.
Escolhi Saturno,pois sua imagem será a que trará maiores descobertas para a história da astronomia.Seu satélite : Titã , possui uma atmosfera muito densa , dificultando assim, uma boa visualização de sua superfície.Saberíamos mais sobre ele se outra viagem fosse realizada no satélite,como a missão Huygens em 2005.Rhea é um satélite esplêndido,mas um close-up foi efetuado no ano passado.Essa imagem ,comparada ao que foi feito no ano anterior,não traria grandes descobertas para a ciência.Finalmente,Hyperion não traria grandes conhecimentos astronômicos como Saturno poderá trazer.
Então,Saturno será o alvo das imagens que possibilitará maiores estudos.Se descobrirmos mais sobre as tempestades dele,poderemos entender as diferenças atmosféricas de cada planeta,inclusive como se formou o nosso ,a Terra!Além disso,a oportunidade de visualizar sua superfície será muito boa,o que revelará mais um de seus mistérios.O espetacular planeta Saturno,senhor dos anéis e das tempestades!"

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Concurso Cassini Cientista por um Dia 2011
(nova data limite para a inscrição - dia 20 de novembro de 2011)

Cassini - Cientista por um dia 2011 é um concurso de redação criado para dar aos estudantes do mundo inteiro uma oportunidade de experimentarem como é a vida de um cientista na NASA.
A 10ª edição do Concurso já conta com uma participação de 43 Países em todos os seis continentes.

Estudantes analisarão três possíveis alvos no planeta Saturno , escolherão um deles para que, uma nave espacial Cassini, atualmente em órbita no Planeta, obtenha imagens durante um tempo definido reservado para esse projeto educacional.

Os alvos, nessa 10a Edição do Concurso para o ano de 2011, são:
Alvo 1, Lua de Saturno,
Hipérion (Hyperion);

Alvo 2, Luas de Saturno, Réa (Rhea) e Titã (Titan);
Alvo 3, O planeta Saturno.
O alvo escolhido deve ser aquele que, em sua opinião, renderá os melhores resultados científicos. As razões dessa escolha deverão ser explicadas na redação.

A nave Cassini apontará suas câmeras e obterá imagens do alvo determinado por você!

Neste processo, além dos alunos aprenderem a pensar como cientistas defendendo o seu alvo escolhido, como fazem os cientistas da Cassini, eles irão adquirir prática na escrita de Redações.

Prêmios serão oferecidos pela Coordenação do Concurso nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil, e os vencedores poderão participar (a confirmar) como convidados de uma vídeo-conferência os cientistas fazem com controle da missão Cassini, na NASA.

As inscrições para "Cassini - Cientista Por Um Dia" Estarão abertas até o dia 20 de novembro de 2011 (o Regulamento está disponível abaixo).

Estaremos recebendo as inscrições no período de 23 de setembro a 20 de novembro de 2011.

Participem!!!

Boa redação à todos!

Em breve mais novidades!!!

Um fraterno abraço,

Organização do Concurso "Cassini - Cientista por um Dia" nas regiões Sul e Sudeste do Brasil

Equipe do Clube de Astronomia Louis Cruls - http://calc.zip.net/

Regulamento do Concurso "Cassini - Cientista Por Um Dia" - 10a Edição - 2011 - Regiões Sudeste e Sul do Brasil.

Data limite: As inscrições para o concurso, nas regiões Sudeste e Sul do Brasil, serão aceitas até às 23:59h (horário de Brasília) do dia 20 de novembro de 2011. (atenção nova data- inscrições prorrogadas!!!)

As inscrições serão preferencialmente realizadas através do e-mail:

concursocientistaporumdia@gmail.com

- O concurso é aberto a todos os estudantes. Nessa blog estaremos recebendo inscrições de estudantes de escolas das regiões Sul e Sudeste, do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio.
- Estudantes de outros países devem contatar seus Coordenadores Locais:
http://saturn.jpl.nasa.gov/education/scientistforaday10thedition/international/countries/
- Os estudantes podem trabalhar sozinhos ou em equipes compostas de, no máximo, 4 estudantes.
- Todas as redações devem ser originais. Inscrições com material que não seja original (plágio de algum trabalho) serão desqualificadas.
- Cada estudante (ou grupo de estudantes) pode submeter apenas uma redação.
- Não devem ser incluídas informações de contato (e-mail, endereço, etc.) de estudantes menores de 18 anos. Toda a comunicação será realizada entre a Coordenação do Concurso e os professores ou responsáveis.

- As redações devem ter no máximo 500 palavras. Redações com um número maior de palavras serão desqualificadas.

- Os nomes e informações de contato não estão incluídas na contagem das 500 palavras.
- O texto das redações deve ser enviado (sem imagens ou anexos) dentro do próprio corpo do e-mail. O texto enviado como arquivo anexo não será aceito para o concurso.
- A capacidade de comunicação é uma importante parte na vida de um cientista. Assim, além das idéias expressas, também serão avaliadas no texto, a ortografia e a gramática.
- As redações serão divididas em três grupos:
Ensino Fundamental I - 6º e 7º ano

Ensino Fundamental II - 8º e 9º ano
Ensino médio

Importante: A nave Cassini obterá imagens dos três alvos. Haverá um vencedor em cada um dos grupos.

Escreva uma redação, com no máximo 500 palavras, explicando qual dos três alvos você escolheu para a Cassini obter uma imagem, e a razão dessa escolha.

- As redações devem ser escritas em português.

- As redações devem ser enviadas por um(a) professor(a), pai, mãe ou tutor(a) do aluno para o e-mail:
concursocientistaporumdia@gmail.com

Não esqueça de incluir na redação:

- O nome completo do professor(a), o e-mail e o telefone para contato com o(a) mesmo(a), além do nome e endereço da instituição de ensino. Informações iguais (incluindo o endereço completo) devem ser enviadas, se for outro(a) o(a) responsável pelo estudante.

- O(s) nome(s) e série(s) de todos os estudantes (no máximo 4) que produziram a redação.

- O tema da redação nessa 10a edição do Concurso, para o ano de 2011 deve ser escolhido entre (o(s) estudante(s) deve(m) selecionar um dos três alvos):

Alvo 1, Lua de Saturno, Hipérion (Hyperion);

Alvo 2, Luas de Saturno, Réa (Rhea) e Titã (Titan);
Alvo 3, O planeta Saturno.

Prêmios serão oferecidos pela coordenação do concurso nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e os vencedores também podem ser convidados a participarem de uma vídeo-conferência com os cientistas da missão Cassini
- Haverá um júri para avaliar todos os trabalhos .O júri será composto por especialistas da área. Em breve será anunciada sua composição.

- Não serão aceitos recursos em relação a decisão do júri, que será soberana.
- As redações vencedoras (e um número ainda não determinado de outras redações) serão encaminhadas para o JPL/NASA.

- Todos os participantes concordam em ceder o copyright das redações para o JPL/NASA para que trechos ou redações completas sejam publicadas em páginas da NASA na internet, com informações dos nomes dos autores, idades, instituição de ensino, cidade, estado e país.
- Selecionados os vencedores, os professores (ou responsáveis) serão contatados e convidados a fornecerem uma fotografia do(s) estudante(s). Os pais ou responsáveis devem enviar uma autorização escrita para que as fotos dos vencedores sejam postadas no website do concurso.

Boa Sorte!!!